Logo CIH

Banner Topo

15ª WATER INFORMATION SUMMIT REUNIU PARTICIPANTES DE 24 PAÍSES

Com um curso de curta duração sobre a utilização de sistemas de informação geográfica aplicados à gestão de recursos hídricos e uma visita ao Condomínio de Agroenergia Ajuricaba, em Marechal Cândido Rondon, a programação da 15ª Water Information Summit encerrou nesta quarta-feira (30).

O encontro – organizado pela WaterWeb Consortium e pelo Centro Internacional de Hidroinformática (CIH) - reuniu participantes de 24 países e teve como objetivo o intercâmbio de informações e tecnologias que permitam a gestão sustentável dos recursos hídricos por meio da web, possibilitando o acesso e a disseminação de dados e conhecimento.


05fechanovo
Evento contou com seis sessões sobre diversas temáticas relacionadas à gestão sustentável dos recursos hídricos.

Durante a cerimônia de encerramento, a diretora regional para Ciência da UNESCO - América Latina e Caribe, Lídia Brito, destacou a importância da troca de informações entre a comunidade científica e os estudantes: “Não há encontro que se faça apenas com palestrantes. É muito bom ver tantos jovens participando. É preciso ter uma abordagem mais holística de quando se fala de gestão de recursos naturais e, em especial, quando se fala de recursos hídricos”.

A participação dos estudantes também foi ressaltada pelo superintendente de Energias Renováveis da Itaipu e coordenador do Centro Internacional de Hidroinformática (CIH), Cícero Bley Junior. “Os palestrantes trazem posições, conceitos e ideias, mas efetivamente quem metaboliza essas ideias são aqueles que participam”. Bley também afirmou que a web é uma ferramenta poderosa para fazer com que a comunicação seja instantânea, visando uma articulação mais rápida e consistente da população sobre a gestão sustentável dos recursos hídricos. 


A 15ª Water Information Summit contou com a presença de autoridades e especialistas na área, como a coordenadora do Programa Hidrológico Internacional da Unesco para a América Latina, Zelmira May, e a diretora do GLOWS, María Concepción Donoso. A programação do encontro contou com seis sessões, em que foram discutidos temas como o nexo Água-Energia, Modelagem Hidrológica, Ecohidrologia e Cooperações internacionais para soluções de conflitos sobre água.

Um dos destaques ficou por conta da sessão “Softwares Livres Aplicados aos Recursos Hídricos”, que foi transmitida online pelo Portal Mundo GEO e contou com a participação de 470 espectadores.