Logo CIH

Banner Topo

CENTRO INTERNACIONAL DE HIDROINFORMÁTICA PARTICIPA DO PROGRAMA INTERNACIONAL DE MESTRADO ERASMUS MUNDUS

 

 

O Centro Internacional de Hidroinformática (CIH) foi convidado para ministrar um curso de geoprocessamento aplicado à Água e Energia no programa de mestrado Erasmus Mundus, que é criado e financiado pela União Européia (UE) e procura promover a educação superior e pesquisa dos países europeus, reforçando os laços acadêmicos com países do mundo todo.

 

Foto - Alisson 2

 

 

O curso foi realizado em Vitória (ES) - entre os dias 30 de junho e 4 de julho - como parte do Mestrado em Ecohidrologia e contou com a participação de 13 alunos de diferentes nacionalidades e graduações relacionadas à área do Meio Ambiente. O objetivo dos analistas ambientais do CIH, Alisson Rodrigues Alves e Fernando Barbosa Cavalcante, foi capacitar os estudantes a realizarem a correlação do nexo água-energia através de ferramentes de análise territorial.

 

Para Alisson, “é fundamental que os alunos do Mestrado em Ecohidrologia tenham esse conhecimento de análise para os cuidados com a água” e acrescentou que “para o o CIH este tipo de demanda por cursos é importante pois representa o reconhecimento a nível internacional do trabalho desenvolvido pelo Centro”.

 

O professor doutor do departamento de Oceanografia da Universidade Federal do Espírito Santo (UFES), Gilberto Fonseca Barroso atua na área de Gerenciamento Costeiro e destacou a importância do conhecimento dessa área para manter-se sempre atualizado em relação às mudanças que afetam os ecossistemas aquáticos. “Levando em consideração a degradação do uso da água, os eventos hidrológicos extremos, bem como a intensificação do uso da água, é essencial que se tenham novas abordagens de uso desses ecossistemas”, completou.

 

O programa Erasmus Mundus é desenvolvido por meio de um consórcio entre as seguintes instituições: Universidade Federal do Espírito Santo (UFES), Universidade Nacional de La Plata (Argentina), Universidade do Algarve (Portugal), Universidade of LØdz (Polônia), Christians-Albrechts - University Zu Kiel (Alemanha) e Centro UNESCO de Hidrologia - IHE Delft (Holanda).