Logo CIH

Banner Topo

Gestão de recursos hídricos é tema de curso promovido para representantes da Comunidade de Países da Língua Portuguesa no PTI


Na manhã desta segunda-feira (22), iniciaram no Parque Tecnológico Itaipu (PTI), as atividades do curso “Sistema de Informação Aplicados a Recursos Hídricos”. Participam do encontro, representantes dos países lusofalantes – nações que tem o português como idioma oficial.

itaipu

 


O curso faz parte das atividades do Plano de Formação em Recursos Hídricos firmado entre os estados-membros da Comunidade de Países da Língua Portuguesa (CPLP), e está sendo promovido pela Agência Nacional de Águas (ANA), com o apoio do Centro Internacional de Hidroinformática (CIH) e da Agência Brasileira de Cooperação (ABC) do Ministério das Relações Exteriores.

Nos três primeiros dias, a programação conta com atividades relacionadas à ANA, como por exemplo as diretrizes e arquitetura do Sistema Nacional de Recursos Hídricos (SNIRH) e bases hidrográficas Ottocodificadas. Na sequência, os participantes terão noções gerais sobre Sistemas de Informações Geográficas e também de modelagem, arquitetura e banco de dados espaciais utilizando tecnologias livres, em capacitação promovida pela equipe do CIH.

itaipu


De acordo com Luís Gustavo Mello, especialista em Recursos Hídricos da ANA, o curso será uma oportunidade para apresentar a experiência brasileira na implantação de sistemas de informações aplicados a recursos hídricos e compartilhar as experiências dos países e instituições representadas no curso. “A ANA considera estratégica a inclusão de parceiros institucionais representativos do setor de recursos hídricos na troca de experiências e construção de conhecimentos, como é o caso do Centro Internacional de Hidroinformática”, destacou.


Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP)


Em 2006, durante a terceira reunião de Ministros do Ambiente da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), em Brasília, foi dado o primeiro impulso à cooperação ambiental entre os países membros. Na oportunidade, Brasil e Portugal foram identificados como pontos focais para a temática da gestão integrada dos recursos hídricos.

Atualmente, a CPLP reúne oito países: Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, Timor-Leste e São Tomé e Príncipe.



por Vacy Alvaro, jornalista Web Rádio Água.

tb voltar