Logo CIH

Banner Topo

CIÊNCIA DESENVOLVIDA PELO CIH VAI AJUDAR UNESCO NA GESTÃO DE RECURSOS HÍDRICOS

img materia


A foto enviada pelo coordenador do Centro Internacional de Hidroinformática (CIH), Cícero Bley, mostra reunião do Conselho Intergovernamental do Programa Hidrológico Internacional da UNESCO.

O superintendente da Assessoria de Energias Renováveis de Itaipu, Cícero Bley Jr, participa nesta semana da reunião do Conselho Intergovernamental do Programa Hidrológico Internacional da Unesco em Paris, França. A conferência, que está em sua 20ª sessão bianual, coincide com o aniversário de 40 anos do programa e está sendo realizada entre os dias 4 e 7 de junho.

No encontro, foi apresentado à assembleia um relatório preliminar do plano estratégico, válido para o período de 2014-2019. O documento vai suceder o plano atual, que encerra em 2013 e tem uma importância fundamental, já que ele fora preparado diante do desafio de ter o orçamento reduzido em 28%, devido a saída voluntária dos Estados Unidos como Estado Membro. A oitava fase do programa terá como tema “Segurança hídrica, resposta aos desafios locais, regionais e mundiais”.

Segundo Cícero Bley Jr, que também é coordenador da margem esquerda do Centro Internacional de Hidroinformática, os delegados de vários países se pronunciaram a favor do plano apresentado por Maria Concepción Donoso, coordenadora da equipe de trabalho, e pelo grupo internacional de técnicos nomeados pelo presidente do PHI para propor ações aos Estados Membros com objetivo de avançar a questão das águas mundo afora.

“A tônica das diversas falas foi a necessidade de colocar a Ciência das Águas mais acessível para a população e ter a educação sobre as águas como rota fundamental para as mudanças que se fazem necessárias”, disse Bley Jr.

E é neste ponto que o Centro Internacional de Hidroinformática pode colaborar com o plano. “Estamos comprometidos em atuar ativamente para o êxito do Plano Estratégico”, afirmou. O coordenador apresentou a infraestrutura do CIH, com seus projetos como o Núcleo de Hidráulica e o desenvolvimento de tecnologias em software livre para gestão de bacias hidrográficas. Apresentou também o Centro Internacional de Referência em Energias Renováveis com ênfase em Biogás (CIER-Biogás) - este vinculado à ONUDI.

O superintendente destacou ainda os esforços do CIH na comunicação de conceitos sobre água e sua gestão, com iniciativas como a Web Rádio Água, em operação há anos e “com índices de acesso invejáveis”.

"O CIH é solidário ao Programa Hidrológico Internacional, à UNESCO, aos estados membros e aos demais Centros Categoria II. É hora de colocarmos o conhecimento que acumulamos em gestão das águas e principalmente colaborar para o tema água e energia, com tudo que sabemos e fazemos" concluiu o Bley Jr.

Originalmente publicado no Jornal de ITAIPU Eletrônico.

tb voltar